segunda-feira, janeiro 14

Ventos de Sul

E, quando

O vento

For de Sul...

Onde estarei...

Onde me encontrarás...

Longe, longe,

Onde já flui o meu viver...

Num doce

Mar Azul...

Onde já nem tu

me reconhecerás

Onde EU... Sou EU...

Onde Eu...

Nunca Deixei de SER



Ah! Vento doce e quente

Que me acaricia e me afaga...


No meu terno sentir...


Ah! Vento Sul

Por onde Andas

Porque tardas

...



Onda Encantada

9 comentários:

guntty disse...

Vento do Sul
Vento quente

=)

Um dia virá... um dia... mas antes há muito a cumprir!

=D

Onda Encantada disse...

Amiguinho...

Não misturemos ventos nem brisas marítimas, tá?! *rindo*

Tudo, caríssimo tem espaço no universo! Desde que os seres estejam em equilibrio! Acima de tudo, sim! Equilibrio e harmonia!

:P

Onda Encantada

O Urso disse...

:) lindo

kiss

A.

guntty disse...

LOL


Essas tuas ilações...

=P


G.

Onda Encantada disse...

*sorrindo*

Grata António, muito muito grata!
E... porquê :)

Onda Encantada

Onda Encantada disse...

*rindo tanto*

Guntty... sem comentários... :D :P

Menina_marota disse...

"...Num doce
Mar Azul..."

É no mar que encontro a minha alma...

Lindo o teu poema, cheio de sabor a maresia e a sensibilidades.

Um abraço e bom fim de semana ;)

Onda Encantada disse...

Menina Marota que passou
E no Mar encontras a tua alma
Da tua passagem ficou
Um doce sabor a calma

Grata pela tua presença doce.

Um abraço com cheiro de mar azul :)

Onda Encantada

canela_e_jasmim disse...

Magnífico!
Beijinho
Clotilde

Selos

EU SOU LUZ E QUERO ILUMINAR...
Cada passo do meu caminho para poder partilhá-lo contigo.