sábado, junho 2

Geometria Sagrada

Imagem: Om-Lumen (http://art-lumen.blogspot.com/)


Falando de Geometria Sagrada…


Diria… uma jóia que nos permite acesso directo a ‘insights’ ainda impossíveis de ensinar.
De facto, a Flor da Vida, traz-nos imensos ensinamentos, e a Geometria Sagrada é um deles. Mas se tiveres hipóteses de praticar, descobrirás os efeitos que esta tem na tua mente. É uma explosão de criatividade, ainda que de forma subtil.

E porque é tão importante a Geometria Sagrada? É que, ainda que, existam imensas razões, uma das mais válidas é a de que é uma meditação para a nossa lógica cerebral.
A maioria das nossas experiências meditativas, centram-se no hemisfério direito do cérebro – o nosso lado intuitivo, emocional e sentimental. Quando meditamos, geralmente, sentimo-nos muito bem. Às vezes, durante as meditações, conseguimos ter visões ou imagens, ouvir sons calmos ou vozes inspiradoras. Todas estas sensações se localizam no lado direito do nosso cérebro; o emocional e intuitivo.

Qualquer um que tenha tido experiências meditativas, fica com a sensação de ter tido uma experiência maravilhosa, mas mal começa a tomar consciência da realidade, começa a duvidar da validade da experiência que acabou de ter e começa a ter uma conversa do tipo “Nada disso! É tudo imaginação minha, isto não pode ser verdade, devo ter inventado estas coisas…”

O que acontece, é que o lado esquerdo do cérebro, não foi envolvido na experiência, ou seja, o teu lado esquerdo, o teu lado lógico, não teve qualquer envolvimento com o teu lado direito, com o teu intuitivo, e por isso não sabe o que fazer com estas experiências. Então, o teu cérebro desata a fazer o que os pensadores, aqueles que têm a mente muito activa, geralmente, fazem, começa a rejeitar as tuas experiências intuitivas utilizando questões puramente lógicas e racionais. E como a tua experiência foi puramente emocional e intuitiva, não tem por isso uma base lógica de sustentação. E é assim que começamos a diminuir as experiências internas que temos, com tanta facilidade.

Este é só um dos exemplos do que acontece quando os teus dois hemisférios cerebrais não estão a trabalhar em conjunto tal como deveriam. O teu lado lógico mantém-se céptico e por vezes até cínico, acerca do valor das experiências que acontecem no teu lado direito ou intuitivo. É como usar só um motor do barco num percurso e, em que, se utilizares os dois motores, chegas lá muito mais depressa.

Então, significa que existe aqui um desafio! Ou seja, temos estas experiências maravilhosas, estes ‘insights’ e visões fantásticas que são potencialmente úteis ao nosso progresso e desenvolvimento, mas assim que saímos daquele estado meditativo e começamos a utilizar o lado lógico do cérebro entra a dúvida e as questões.

E como é que damos a volta a isto? Como conseguimos ter os dois lados do cérebro a funcionar em conjunto? Pois bem, a vossa resposta, está na Geometria Sagrada!
A Geometria Sagrada é basicamente a geometria focada em descrever a criação e/ou consciência; o movimento da consciência pela realidade. E como está em movimento (em vez de ‘ler’ ou ‘observar’, não é por isso uma actividade estática) apela directamente ao nosso lado racional do cérebro. Mas a Geometria Sagrada não é algo que olhes e penses ‘Sim, já percebi!”, tens mesmo que agarrar num lápis, num compasso, e em papel e começar a desenhar.

CCB: é uma experiência hipnótica, asseguro-vos.
E o que acontece quando começas a desenhar é que o teu lado esquerdo do cérebro está envolvido também – e então começas a fazer, a criar algo. É então que se dá a magia! Ao desenhares estas imagens (não só por olhares para elas) começas a aceder à essência da tua/nossa realidade, a base da criação numa linguagem que o teu lado lógico consegue finalmente entender. E assim que inicias este processo, começas a permitir ao lado esquerdo do teu cérebro, o racional, compreender uma explicação lógica para a Unicidade de todas as coisas. E fazes isto porque, em parte, estás a desenhar a realidade, a descrevê-la simplesmente porque estás a usar as formas e figuras construtores da nossa realidade. Aqui, o teu lado lógico começa a entender! Começa a envolver-se na tua experiência espiritual, e num ápice, tens os dois motores do barco na água e estás em marcha a toda a velocidade.


Ao olhar para a imagem da Flor da Vida pensamos que é demasiado complicada para se desenhar. Mas por agora, olhemos para esta imagem e pensemos que ela é a base para muitos.

[O perímetro do quadrado e a circunferência do circulo são (aproximadamente) do mesmo tamanho. Assim, se um dos lados do quadrado for 3cm, então a circunferência do circulo tem que ter 12cm – o que significa que o raio do circulo seria de 1,9cm – mas verifiquem por vós mesmos.]

Quando fiz estes desenhos a primeira vez, percebi que descreviam a relação entre o circulo e o quadrado, o feminino e o masculino. E mais, descreve a relação num lado bastante masculino, ou seja, através de linhas rectas (no lado feminino usam-se as formas curvas).
Agora, ao ler o parágrafo acima podes até dizer “Sim, isso é verdade”, ou podes agarrar num lápis, compasso e papel e desenhar por ti mesmo. Depois podes começar a sentir a diferença entre olhar para a Geometria Sagrada e praticá-la – “a diferença entre saber o caminho, e caminhá-lo”.

CCB: Como se pode saber o caminho sem o caminhar? Se o caminho se faz em cada passo que damos? Por isso digo, deixemos fluir a vida, sem pará-la em processos egóicos(puramente mentais), porque não saberemos o que temos pela frente se não vivenciarmos.

Nestes desenhos o processo é o mesmo, acontece por vezes ter em mente uma coisa e sai outra totalmente diferente, porque me envolvo e entrego de tal forma, que o resultado, é aquilo que os meus dois lados do cérebro quiserem experiênciar. Assim é a vida também!

Contudo, fazer estes desenhos, não é uma experiência unicamente pertencente ao lado racional e lógico. Formas como o Ovo da Vida (imagem abaixo), possuem uma beleza tão grande e universal que apelam à nossa parte mais básica, mais essencial, dentro de cada um de nós.

Falam do que de mais belo existe dentro de nós, e que está esquecido, mas pronto a ser acordado uma vez mais. Uma beleza reconhecida intuitivamente, mas também logicamente, e por isso holísticamente. Formas e figuras que nos recordam o nosso lugar no universo e a forma como sentimos e entendemos, movimentamos, e criamos harmonia no nosso próprio mundo, logo, em tudo o que nos rodeia. São as formas que geram a essência do nosso universo muito particular e do Todo.

Traduzido, interpretado e complementado, a partir daquihttp://www.simonprone.com/indexArticles.htm por
Onda Encantada













(as minhas 1ªs criações, em 2004)

16 comentários:

Luzidium disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Há 2 anos, fez agora em Maio, andava eu a desenhar e pintar mandalas de cura porque estava bastante doente, receei deixar de ver. Uma delas, pintada de azul e laranja, foi de grande ajuda. Também fiz uma igual à 4ª figura geométrica que puseste aqui. Espalhei-as pela casa toda.
Melhorei e esqueci-me delas, lembrei agora ao ler o teu post, Cachorro.
Um abraço
CN

O cálice disse...

Fantásticos ensinamentos!
Bem hajas.

A Mónada disse...

Aprendi e registei... vou praticar mais o hemisfério esquerdo embora no meu processo evolutivo tenho dedicado muito tempo a encontrar coerência lógica de todo o meu sentir intuitivo... é assim que encontro a integridade... mas não deixa de ser muito mental

Agora apenas entrego-me à intuição seguro de que o que tiver de aprender tarde ou cedo me chegará. Aprendo em cada dia que passa algo que começa a fazer todo o sentido para mim... A fé.

Chego aqui e eis um conjunto de exercícios magníficos... e a explicação das minhas dúvidas...

Bem hajas cachorrinho...

Fica bem.

Anónimo disse...

Apaixonei-me pela música "Atlantis".......como posso encontrá-la??????

Obrigadíssima
Maria
mariavelosa@yahoo.com

Onda Encantada disse...

Maria,

Pode clicar em cima da própria musica, na opção "Track Details" e aceder ao e-snips... Registar-se e fazer download do meu perfil...

Grata.

Onda Encantada

Fadel disse...

maravilha! eu tb gosto de praticar a geometria sagrada

da uma olhada nos meus trabalhos:
www.flickr.com/fadelrago

Anónimo disse...

cara, eu fui no site (www.flickr.com/fadelrago) e vi os desenhos, entao eis minha conclusao:
CARACA VEEEEEEEEEEIII!!!!!!!!!
Muito cabuloso.
Voce so pode fazer isso no
ArtRage Deluxe, né?!
Muito doido e meus parabens.

Anónimo disse...

olha eu achei tudo muito legal,
mas sinceramente eu só vim aqui porque um professora doida minha, pediu para que fizéssemos uma pesquisa sobre geomeitria sagrada.
Eu li o texto, lógico, e fiquei confusa principalmente em relaçao a se referirem a ela já como sagrada, santo e sagrado quem é, é Deus, a Trindade, nao fasso a miníma idéia de se Deus inventou isso, ou foi só mais algo louco que algum sábio e estudioso dos tempos antigos descobriram ou inventaram, ou só mais um cientista louco achou, achou alguma coisinha mínima da criaçao de Deus, isso sim.
Tambem queria saber porque dos nomes: flor da vida ou ovo da vida;
vida? Oque teria você "Cachorro Cósmico Branco", a dizer sobre a vida??
Simplismente acha que meros desenhos podem utilizar o nome 'vida', o milagre da vida que o único Deus criou?
E que meros desenhos possam receber um nome tao "respeitável" como esse?
Nao sei que mensagem você pretendia passar com esse seu, sinceramente, muito bem formulado texto, mas se queria de algum modo explicar como é a vida ache na Biblía; ou se quer explicar como utilizar os dois lados (hemisférios) do cérebro, quero mostrar-lhe algo bem mais simples: pense em Deus, o único 'que amou o mundo de tal maneira que enviou seu Filho Unigenito. para que todo aquele que nele crer, nao pereça, mas tenha a vida eterna."
(Joao3;16); ou entao pense em Jesus (ou na Trindade em geral),
Jesus, como seu único Senhor e Salvador, o único que venceu a morte, para isso precisando ter vida, perde-la e depois retomá-la.
Sei que estou tendo uma visao muito crítica, nao quero acabar com sua cinvicçao , mas isso é o meu "pequeno comentario".
Quem digitou esse comentario nao é nenhuma pessoa perfeita, nem totalmente correta, mas tambem uma serva de Deus.
Muito bom o seu texto.
Espero que Deus te abençoe e que a Sua gloria e paz resplandeça em você em todo o mundo.

Anónimo disse...

Sinto muito CCB em estar utilizando seu espaço para fazer uma "crítica" a esta pessoa de cima.
Quando você julga o que não conhece "Anó" e Anônimo esta sendo pré-conceituoso em relação a sabedoria de Deus porque se você não entende esta revelação, muito menos a sabedoria de Deus.
Calar as vezes é bem melhor e concordo contigo em relação a termos um salvador. Temos sim.
Cristo.
Trabalhe um pouco o silêncio para que a sabedoria possa te iluminar.
A Paz do Senhor.

E.....

Liliana disse...

Olá.

Creio que lhe enviei ontem uma mandala e vim ler o artigo por causa disso.
Muito bom.
Beijinhos

Ana Paula Pereira

Onda Encantada disse...

Liliana,

Se enviou, não recebi :(
Quem sabe ainda venha a caminho... ehehehe...

Beijinhos

Onda Encantada

Ligia marcia disse...

Nossa amei seu blog! se tiver tempo visite o meu pode ser que goste
http://mandalapessoal.blogspot.com/

Rui disse...

Bom dia,

Obrigado pelo envio desta explicação de como funciona, ou melhor, como devemos por a funcionar o nosso lado esquerdo do cérebro.

Beijo mto ESPECIAL
LYALOT

Onda Encantada disse...

Rui,

o lado esquerdo do cérebro, o racional, é aquele que geralmente, mais sabemos usar.
Temos que aprender a usar é o direito, a receber as intuições, que depois o lado esquerdo vai aplicar na forma material.
Eu recebo uma imagem (com o lado direito), visualizo-a, e o lado esquerdo, é que me permite desenhá-la, materializá-la no papel.

Bem hajas por participares :)

No Amor de Sempre ;)

Anónimo disse...

Carácoles, meu filhote!
- Isso é geometria sagrada!! E das boas! Bom demais, meu garotinho...

Selos

EU SOU LUZ E QUERO ILUMINAR...
Cada passo do meu caminho para poder partilhá-lo contigo.