sábado, janeiro 21

O sebastianismo português


imagem de http://olhares.aeiou.pt/joah
A verdade sobre o povo português, e a situação actual de Portugal.
O fa(r)do do Sebastianismo português

Este povo continua à espera do D. Sebastião!!!!!

Talvez seja eu que sofra desta inquietude, mas o que verifico é que a atitude geral é de resignação sobre tudo o que acontece à volta.
Todo o roubo, usurpação, e até gozo declarado e subscrito pelos governantes e politicos deste país são até sublinhados pela comunicação social (sim, porque ao divulgar com tanta impedância, são veículos em concordância do mesmo).

Toda a gente se queixa muito, toda a gente refila muito uns com os outros, mas alguém faz alguma coisa para mudar uma virgula que seja do que está a ser feito?
Alguem se propõe unir-se a outro alguem, e a partir daí formarem um grupo que tome decisões para agir?
Há movimentos conscienciais, mas alguém nas massas ouve falar deles? As pequenas tertúlias continuam a ser as pequenas tertúlias e daí não passam, onde se discutem os males comuns, mas com consciência! Sim!
Então e os outros? Aqueles que se diz, estão adormecidos? Ninguem procura fazer nada para os acordar?

Se somos um país que sofre todo do mesmo mal, porque é que uns são menos mal que outros? Onde está a equidade?

Chama-se democracia a um governo que toma decisões, altera, promulga e difunde leis sozinho?

Chama-se oposição a uns tipos que vão à assembleia fazer uma figurinha, mas que não possuem qualquer propósito de defesa de um povo, a não ser o de continuar a encher os seus próprios bolsos?

Chama-se o quê a um povo que está a ver o seu empobrecimento generalizado e nada faz?
Chama-se o quê a quem?

Clama-se por D. Sebastião, o salvador da pátria, porque nós, Todos, achamos que não podemos fazer nada!

Coitadinhos!

E assim vamos andando, de cabeça baixa, ombros encolhidos e marrecas cada vez mais salientes quais burros albardados!



post publicado em 07/10/10 e agora reeditado

2 comentários:

António Rosa disse...

Onda,

Excelente vídeo. Esse senhor Frei Fernando Ventura. É um fardo pesado.

Beijo

António

Onda Encantada disse...

Querido António,

É de facto uma boa mensagem.
Mas lá está... falta um anunciador de uma boa nova.
Como vou "levar na ripa a toda a força", pergunto-me até onde teremos que ser chulados, até onde nos irão levar?

Sim! Porque aquilo que nos roubam jamais nos devolverão... onde está a justiça divina?

Onde paira tudo aquilo que se aclama por Portugal?

A fé mantenho-a em mim!... por um país? Não sei!

Beijinho

Haja discernimento, sobretudo entre a classe politica, é a minha oração actual.

Selos

EU SOU LUZ E QUERO ILUMINAR...
Cada passo do meu caminho para poder partilhá-lo contigo.