quinta-feira, dezembro 28

O Curador - post conjunto

Albatroz


Muitas lendas falam-nos do preço a pagar por se ter saído do Jardim do Éden, e por viajar a âmbitos superiores da consciência.

O relato de um Xamã Esquimó dá-nos a chave:
Os Espíritos do bem procuravam um Xamã para uma comunidade esquimó, para substituir o anterior, que tinha morrido.
Elegeram um adolescente preparam-no para cumprir esse papel. Levaram-no ao mundo subterrâneo e cortaram-no em inúmeros pedaços, de tal maneira que não restaram ossos em conjunto.

(...)

Leia o resto do texto e comente no Blog:

Fuzil Cósmico

Um excelente texto:
“El Pescador y la Doncella sin manos” Robert A. Johnson



Numa iniciativa conjunta os seguintes blogues possuem todos o mesmo post colocado a 28 de Dezembro:

Difusão da Alma
Fuzil Cósmico
Nave Azul
O Cálice
Postais da Novalis
Com a Palavra, o Meu Lado Infinito
(por razões técnicas só fará a sua publicação mais tarde)

5 comentários:

lucy disse...

Maninha,

Já comentei lá no blog da Magda, mas não podia deixar de vir aqui dizer-te, já que somos mais íntimas, que este texto me tocou profundamente. Agora posso agradecer toda a desventura que já passei nos dias terrenos, porque ela me fez passar no buraco da agulha e ascender a luz maior. O esquartejamento do meu ser individual é o processo contínuo para a unificação colectiva e universal de todo o meu ser. Foi um caminho espinhoso o que escolhi até então, mas sinto-me muito feliz por o experimentar. Ainda bem que esse sofrimento me conduziu a um estado de realização mais gratificante e de maior comunhão com todo o sofrimento alheio.

Este texto ajudou-me a compreender melhor a missão de Cristo.

Um beijo muito grande Amiga. Espero que tenhas passado um bom natal e que te prepares para um novo ano cheio cheio de energia para derramar por aí...

Anónimo disse...

Só quem sofreu pode compreender e sentir compaixão. Parece que tinha mesmo de ser assim, n'é? OK
Mas o sofrimento é uma grande chatice( chatice é eufemismo...:)!, se me permites o desabafo.
Li o resto no fogo cósmico.
É um texto tão profundo...

Abraço*
CN

Cachorro Cosmico Branco disse...

Lucy,

Tudo o que escreveste é tão profundo quanto este texto.
Sinto que todos sentimos um verdadeiro abalo ao lê-lo. E mexe. Está nas células.
Pelo menos foi o que senti quando o li a primeira vez.
É como se todo o meu ser vibrasse ao "relembrar", entendes?

Claro que entendes.

Beijo grande e abraço daqueles

Cachorro Cosmico Branco disse...

CN,

Eu diria que sofrimento é uma aprendizagem com mais dôr. Só é chatice quando somos teimosos e não queremos aceitar as mudanças. Não queremos aceitar que não necessitamos de sofrer.

Faz parte da nossa passagem por esta vida (e pelas outras também), são as pedras do caminho que nos fazem crescer.

Bem hajas por aparecer.

Um abraço grande

António Rosa disse...

Cachorro Cósmico [+ família + amigos],

Bom ano 2007!

Que a vida nos seja generosa e, saibamos nós corresponder.

Tomemos ainda maior consciência que a nossa vida está intimamente ligada ao nosso Planeta-Nave-Mãe.

Cuidemos dessa nossa ligação com Gaia.

Cuidemos da nossa sintonia com o céu, sem nunca deixarmos de andar aqui em baixo, disfrutando da vida.

Abraço.

António

Selos

EU SOU LUZ E QUERO ILUMINAR...
Cada passo do meu caminho para poder partilhá-lo contigo.