segunda-feira, abril 2

O que há de novo a ser ainda realizado por nós?


O que não posso fazer agora é o indício do que farei no futuro. O sentido de impossibilidade é o princípio de todas as possibilidades. Justamente porque este universo temporal era um paradoxo e uma impossibilidade, é que o Eterno o criou a partir de Seu ser.

A impossibilidade é apenas um conjunto de possibilidades maiores e não efectivadas. Ela encobre um estágio mais avançado e uma jornada ainda inacabada.

Se queres que a humanidade progrida, golpeia sem cessar todas as idéias preconcebidas. Fustigado dessa forma, o pensamento desperta e se torna criativo. Caso contrário, ele fica estagnado numa repetição mecânica e confunde-a com sua verdadeira actividade.

Girar em seu próprio eixo não é o único movimento para a alma humana. Há também sua gravitação ao redor do Sol de uma inexaurível iluminação.

Sê em primeiro lugar consciente de ti mesmo no interior, então pensa e age. Todo pensamento vivente é um mundo em preparação; todo acto real é um pensamento manifestado. O mundo material existe, porque uma Idéia começou a brincar na consciência divina.

O pensamento não é essencial à existência nem a sua causa, mas um instrumento para o devir; eu me torno aquilo que vejo em mim mesmo. Tudo o que o pensamento me propõe, eu posso realizar; tudo o que o pensamento revela em mim, eu posso me tornar. Tal deveria ser a fé inabalável do homem em si mesmo, porque Deus habita nele.

Nossa tarefa não é continuar a repetir para sempre o que o homem já realizou, mas conquistar novas realizações e não-sonhados domínios. O tempo, a alma e o mundo nos foram dados como nosso campo de acção; a visão, a esperança e a imaginação criadora são nossas forças inspiradoras; a vontade, o pensamento e o trabalho são nossos instrumentos todo-efectivos.

O que há de novo a ser ainda realizado por nós? O Amor, pois até agora só conhecemos o ódio e a satisfação egoísta; o Conhecimento, pois até agora só conhecemos o erro, a percepção e a concepção; a Felicidade, pois até agora só conhecemos o prazer, a dor e a indiferença; o Poder, pois até agora só conhecemos a fraqueza, o esforço e uma vitória sempre malograda; a Vida, pois até agora só conhecemos o nascimento, o crescimento e a morte; a Unidade, pois até agora só conhecemos a guerra e a associação.

Em uma palavra, a divindade: refazer-nos à imagem do Divino.

Sri Aurobindo



Numa iniciativa conjunta os seguintes blogues possuem todos o mesmo post colocado a 2 de Abril:



8 comentários:

Fontez disse...

interessante ideia do colectivismo de vários posts porem um texto fantástico, soberbo mesmo...
inte

Micaeerton disse...

Neste fim de tarde, a minha vinda à Onda Encantada / Difusão da Alma, reavivou memórias que por vezes parcem adormecidas.
Do Coração agradeço a partilha de Sri Aurobindo.

Om-Lumen disse...

"O que há de novo a ser ainda realizado por nós?"

O Amor, a Vida, a Sabedoria, em Luz.

A experiência na matéria ainda é "dolorosa" porque carece de foco luminar consciencial no Divino que a sustém.

Com a matéria está tudo bem. Nós é que nos limitamos a experimentá-la de forma densa.
Experimetemos respirar/pulsar elevando a nossa vibração alinhando-a com o centro de luz que nos diviniza a todos.
Aí, ainda na matéria mas liberto dela, já amamos/experimentamos em união a vida.

Om-Lumen

serenidade disse...

Temos mesmo que viver a Vida na Unicidade, com felicidade, Amor, Luz, muita luz. Creio que cada vez mais há consciência destes factos, como tal, embora a passos lentos, creio que estamos a caminhar no bom sentido. Creio que há consciências cada vez mais abertas e susceptiveis de viverem esta realização. Assim o espero!

Que esta Páscoa seja uma época de renascer para uma nova realidade e mais sublime forma de ser cada um.

Beijos serenos amendoados.

Cachorro Cosmico Branco disse...

Cada vez mais a nossa presença no Agora é mais importante.
Cada vez mais a nossa própria tomada de consciência é necessária.
Cada vez mais amarmo-nos a nós próprios se torna urgente.

Só assim conseguiremos refazer-nos à imagem do divino.

Abraço cósmico a todos.

Fontez disse...

Boa Pascoa.
PAz.

Célia Marina disse...

Muito interessante...me tocou profundamente...me faz acreditar no hoje...em você...em mim!!!

beijocas

Célia

Om-Lumen disse...

Uma Páscoa Feliz para ti :-)

Se ainda não conheces a voz de Lisa Gerrard e se quiseres vê o meu último post no blog Om-Lumen.

Um abraço amigo.

Om-Lumen

Selos

EU SOU LUZ E QUERO ILUMINAR...
Cada passo do meu caminho para poder partilhá-lo contigo.